Atualização Concurso de Assistentes Operacionais

Publica-se o Aviso de Abertura para o concurso de Assistente Operacional para o Agrupamento de Escolas de Vale de Milhaços. 

Para mais informações consultar:

Diário da República  – Aviso n.º 9695/2019 de 4 de junho

Contratação de Assistentes Operacionais. 

Aviso - Procedimento Concursal para Recrutamento Assistentes Operacionais

Encontra-se aberto, pelo prazo de dez dias úteis a contar da data da publicação do Diário da República, 2ª série, Aviso n.º 6002/2019, de 3 de abril, nos termos legais contemplados na Portaria nº 83-A/2009, de 22 de janeiro, com as alterações introduzidas pela portaria nº 145-A/2011, de 6 de abril, procedimento concursal para recrutamento de quatro assistentes operacionais na modalidade de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado, 4.ª posição remuneratória da categoria de assistente operacional.

Forma – As candidaturas deverão ser submetidas, obrigatoriamente, mediante preenchimento de formulário próprio disponibilizado eletronicamente no Sistema Interativo de Gestão de Recursos Humanos da Educação – SIGRHE

https://sigrhe.dgae.mec.pt/

 

As candidaturas são formalizadas através da entrega, nas instalações do Agrupamento de Escolas de Vale de Milhaços, ou enviadas pelo correio, para a morada identificada no n.º 7 do presente Aviso, em carta registada com Aviso de receção, dirigidas à Diretora do Agrupamento de Escolas de Vale de Milhaços até ao último dia do prazo para apresentação das candidaturas, dos seguintes documentos:
–  Curriculum Vitae;
–  Fotocópia de documento comprovativo das habilitações literárias;
– Certificado do registo criminal, de acordo com o artigo 2.º da Lei n.º 113/2009, de 17 de setembro;
– Fotocópia dos documentos comprovativos das ações de formação frequentadas com indicação da entidade que as promoveu, período em que as mesmas decorreram e respetiva duração, caso existam;
– Caso seja detentor de relação jurídica de emprego público, declaração emitida pelo serviço onde o candidato se encontra a exercer funções, devidamente atualizada e autenticada, onde conste, de forma inequívoca a modalidade de vínculo de emprego público, bem como da carreira e da categoria de que seja titular, da posição, nível remuneratório e remuneração base que detém, com descrição detalhada das funções, atividades, atribuições e competências inerentes ao posto de trabalho ocupado pelo candidato, devendo a mesma ser complementada com informação referente à avaliação do desempenho relativa ao último período, não superior a 3 anos.

Será constituída uma reserva de recrutamento interna pelo prazo máximo de 18 meses contados da data de homologação da lista de ordenação final, a ser utilizada quando, nesse período, haja necessidade de ocupação transitória de idênticos postos de trabalho, a constituir por contrato de trabalho em funções públicas a termo resolutivo aplicando-se, com as necessárias adaptações, o disposto nos artigos 37.º e 38.º.

Sobre todo este procedimento concursal, consultar o referido Diário da República, os Serviços Administrativos e/ou a página Web deste Agrupamento.

A Diretora
Ana Sofia Dias

 

Close Menu